Começando o Dia

De segunda a sexta-feira, das 8 às 9 horas Apresentação: Alexandre Machado

30 anos sem Elis Regina

Novos discos trazem inéditas da pimentinha da MPB

Música

19/01/12 11:54 - Atualizado em 19/01/12 11:54

Organizados pelo pesquisador musical Rodrigo Faour, "Transversal do Tempo", com o repertório do álbum Elis (1977), e "Elis nos Anos 60 e Elis nos Anos 70" marcam as três décadas sem a pimentinha da MPB. Em entrevista ao "Começando o Dia", Faour fala sobre o furacão Elis Regina.

O CD Transversal do Tempo foi mixado pelo filho mais velho de Elis, João Marcello Bôscoli. Ao todo, são 25 números, divididos em dois atos, incluindo as interpretações inéditas de “Maravilha”, de Chico Buarque e Francis Hime; “Gente”, de Caetano Veloso; “Amor à Natureza”, de Paulinho da Viola; e “Esta Tarde Vi Llover”, do mexicano Armando Manzanero.

O pesquisador também foi o responsável pelas duas caixas de 12 CDs que serão lançadas pela Universal – Elis nos Anos 60 e Elis nos Anos 70. Projeto que inclui entrevistas com diversas personalidades que trabalharam com a cantora, além de takes alternativos de “Amor Até o Fim” e “Exaltação a Tiradentes”, um ensaio de Elis e Tom Jobim cantando “Águas de Março” e uma inédita, o samba-choro “Comigo é Assim”, feito em samba-jazz e lançado originalmente por Ademilde Fonseca.

O cmais+ é o portal de conteúdo da Cultura e reúne os canais TV Cultura, UnivespTV, MultiCultura, TV Rá-Tim-Bum! e as rádios Cultura Brasil e Cultura FM.

Visite o cmais+ e navegue por nossos conteúdos.

Comentários

Compartilhar